INÍCIO


COMO FAZER UMA PLANILHA PARA CALCULO DO PREÇO DE VENDA DE UMA EMPRESA COMERCIAL



Inicialmente vamos abordar a parte teórica do calculo:
Em uma empresa comercial, o preço de venda é determinado em função dos fatores:



CUSTO:
Corresponde ao valor de compra do produto junto ao fornecedor.
Nem sempre se deve adotar o ultimo preço de compra como preço de custo. Ao fazer isto, corremos o risco de estar encarecendo o produto em comparação com a concorrência. Principalmente se a empresa mantém o produto em estoque por um determinado período, deve considerar o preço pago na data da compra, ou o custo médio do produto.
Por isto é muito importante ter um bom controle de estoque.
Ao custo de compra, devem ser acrescidas as despesas para comprar e estocar o produto (valor do frete, impostos na compra, custo de armazenamento, etc.)
DESPESAS GERAIS:
Para que a empresa sobreviva, é necessário embutir no valor das vendas, todas as despesas do dia a dia, como por exemplo: aluguel, IPTU, salários e encargos, energia elétrica, transporte, seguros, etc. Em resumo, todas as despesas necessárias para a empresa funcionar.
São chamadas também de despesas fixas, pelo fato de existirem mesmo que a empresa não tenha vendido nada no período.
A alocação destas despesas na formação do preço de venda, não é uma conta exata. Acaba sendo feita por estimativa, já que não se sabe exatamente quanto será vendido e de quanto serão as despesas.
Uma forma é usar dados históricos:
Calcule o total das vendas em um período passado (por exemplo: o ano anterior).
Em seguida calcule o total de despesas neste mesmo período.

Simulando:
Total da receita de vendas no ano anterior: 300.000,00
Total das despesas no mesmo período: 45.000,00
Portanto as despesas representaram 15% da receita de vendas.

Neste exemplo, a sugestão é aplicar um percentual em torno de 15% sobre o valor do custo de cada produto, na formação do preço de venda, para cobrir as despesas gerais.

Entenda que este critério não é um calculo exato, não é contábil, mas é uma forma de fazer com que o preço de venda possa colaborar nestas despesas.
Também, não deve ser regra aplicar o mesmo percentual a todos os produtos. O ideal é analisar produto a produto, aplicando um percentual maior em uns e menor em outros, levando em conta o mercado, concorrência, etc.
ITENS CALCULADOS SOBRE O PREÇO DE VENDA:
Agora vem o ponto interessante de nossa análise. Vamos ver como incluir no preço de venda, as comissões, o lucro, impostos e despesas sobre vendas.
Todos estes componentes, ao mesmo tempo em que compõem o preço de venda, são calculados a partir dele. Como fazer este calculo, ficará bem entendido quando estivermos desenvolvendo a planilha.

E POR FALAR NISTO, CLICK AQUI PARA ACOMPANHAR PASSO A PASSO COMO FAZER A PLANILHA>>>

Desde: 12/06/2013             CONTATO      |      SOBRE ESTE SITE

Proibida reprodução total ou parcial sem autorização do autor
Politica de Privacidade